15 setembro, 2014

Encontro Swag

 Carolina Flauzino

   Ontem na Praça das Artes aconteceu o XI Encontro Swag:

  O evento, que teve patrocínio da Secretaria de Cultura, acontece a dois anos e já conquistou o público, por volta de 3 mil pessoas participaram. As edições anteriores aconteciam no Parque do Ibirapuera. 

   Segundo um dos membros da organização do encontro, o objetivo é reunir a galera que curte o estilo swag, estilo black, pop, hip hop, para se conhecerem e compartilharem todo o seu estilo, curtir um som e dançar bastante.

  O evento teve a participação de Dj's e um Mc que fizeram todo mundo dançar além de workshops e batalhas de Hip Hop, Popping e Waacking, que são estilos de dança ligados à cultura Swag.





Nas fotos, o workshop de Waacking com a professora Darlita:

 Batalha de Hip Hop:



Se você gostou e quer participar da próxima edição, que deve acontecer entre 2 e 3 meses, pode ficar de olho na página do facebook: 

https://www.facebook.com/EncontroSwag

11 setembro, 2014

10 setembro, 2014

Edital de Credenciamento de Arte-Educadores


  A Secretaria Municipal de Educação e o Núcleo de Educação Étnico-racial abrem o Edital de Credenciamento de Arte-Educadores. 
  Esse edital tem como objetivo o credenciamento de arte-educadores das seguintes áreas: Educação Étnico-racial e inserção no currículo da História e Cultura Africana, Afro-brasileira e Indígena, bem como da Cultura e História Latino-americana e Estudos dos Movimentos Migratórios Contemporâneos, para desenvolver atividades nos equipamentos da Secretaria Municipal de Educação. 
  As inscrições vão acontecer no período de 22 a 30 de setembro, das 10h as 17h na Rua Doutor Diogo de Faria, 1.247 - Sala 301-B, Vila Clementino. 

Confira nesse link o edital: 
https://docs.google.com/document/d/1uOKCKcwnJ4Hn8w2vONJbYYIMH1EOw_U1QmzlAufBGFY/edit?usp=sharing

Visitas do VAI

  A partir de agora, vamos começar a postar no blog do VAI as visitas que os técnicos fazem aos projetos.
  O objetivo é que os grupos possam conhecer melhor uns aos outros e saber também, que nós da equipe do VAI estamos muito ligados no que anda acontecendo por aí. Pretendemos fazer um post quinzenal atualizando as visitas que aconteceram no período, com fotos e um pouco do que é o projeto visitado.
  Para começar, vamos mostrar algumas visitas que já  foram feitas ao longo do ano, pois temos bastante coisa guardada por aqui. Nesse post teremos algumas visitas feitas pelos técnicos Takeo, William e Vanessa, e a coordenadora Harika. 


Começando com as visitas feitas pela Vanessa:

Dia 19/07 - Oficina Movimento Cultural


 (O projeto Oficina -Movimento Cultural pretende levar lazer e conscientizar os moradores)
No dia 19 de julho a técnica Vanessa visitou o projeto Oficina Movimento Cultural, que é formado por jovens artistas do Grajaú. Os encontros tem pistas de skates, oficinas, apresentações com mc's entre outras coisas ligadas ao Hip Hop.

Dia 25/07 - Abayomi Aba


(O Projeto Abayomi Aba propõe combater o racismo e promover e valorizar a cultura negra)











No dia 25 também de julho a Vanessa visitou o projeto Abayomi Aba, onde acontecem oficinas de produção de arte, que visam valorizar e promover a cultura negra. O projeto acontece em Parelheiros, extremo sul de SP.

Dia 30/08 - Cultura de Garagem


(O Projeto tem como objetivo promover oficinas culturais nas garagens dos moradores do bairro)











Visita realizada no dia 30 de agosto, no projeto Cultura de Garagem que ocorre, inicialmente no distrito de Marsilac e que, terá sua segunda etapa no distrito de Parelheiros. A turma era formada por crianças, mães, meninas, meninos, moças e rapazes que aproveitaram a ótima aula de breaking com o Bboy Pikeno!

 


Agora as visitas do William, que aconteceram durante todo o ano.

15/07 - Canto Calado


(O projeto Canto Calado nos Terminais de Ônibus de São Paulo tem como objetivo trazer música para os terminais tão movimentados de SP)















 Em meio ao burburinho do final de tarde, as canções (varias delas censuradas na época da ditadura) do Chico, Gil, Geraldo Vandre, Luiz Airão e outros artistas, são cantadas para espantar o ritmo frenético dos passageiros e o ronco dos motores dos ônibus!
É uma apresentação do projeto "Canto calado nos terminais de ônibus de São Paulo, que teve suas duas primeiras apresentações dia 15/07 no Terminal Santo Amaro.

19/07 - Moinho de Imagens


(O moinho de imagens é um projeto realizado na
Favela do Moinho que tem como objetivo produzir e difundir cinema com a comunidade)






Dia 19/07 foi dia de filmagem do primeiro dos quatro filmes previstos. Trata-se de uma ficção de terror (os outros três são de outros gêneros: videoclipe, policial e jornalístico).
Além da equipe técnica (10 pessoas, sendo 6 moradores), havia pelo menos 25 crianças e jovens no elenco e figurantes, a maioria maquiados pelos próprios colegas depois de terem participado de oficinas de cenografia e maquiagem. Todos os filmes vão retratar histórias do local como forma de reconhecimento do espaço e de quem mora lá. O filme de zumbis retratou o incêndio de 2012.
Ao final da filmagem todos se deslocaram para a Casa Pública, que é mantida por parceiros do Grupo e comunidade.

27/07 - Escola Arte e Atitude 


(O projeto Escola Arte e Atitude propõe a realização de oficinas, além de promover a reflexão e expressão dos alunos por meio da arte)









Visita a uma das oficinas programadas pelo Projeto Escola Arte e Atitude no Jardim Carumbé.
Oficineiro com ótima didática, nesse dia, o projeto ofereceu uma oficina de graffiti.

03/08 - Trupe Lona Preta


 (O grupo Trupe Lona Preta mobiliza diversas linguagens artísticas, estuda o circo e a figura do palhaço, e produz espetáculos por mais de 100 bairros da cidade)















Trupe Lona Preta: dupla visita! No primeiro dia de visita William foi na oficina, onde um grupo convidado e a própria Trupe se apresentaram e no segundo dia participou da primeira edição da festa de palhaçada onde duas trupes, uma de Santos e outra de Presidente Prudente estavam presentes.

06/09 - Urban Era



(O projeto Urban Era promove oficinas de arte visual urbana na Freguesia do Ó)










Visita técnica realizada em oficina do projeto Urban Era, na Casa de Cultura Salvador Ligabue. Barbara explica tudo com uma boa didática e muito bom humor, tanto para os participantes que ainda fazem os exercícios iniciais quanto para os participantes mais avançados.
No dia 20/09, alguns dos trabalhos em produção serão expostos na edição Especial Mulheres do Reduto do Rap.





Agora, as visitas do Takeo aos projetos do VAI:


10/07 - Suzart



(O projeto Suzart Poética da Periferia Mu'leke é uma continuação do espetáculo Moleke Mulelê do VAI 2013 que realiza oficinas e debates)
O projeto trabalha na capacitação dos artistas envolvidos no espetáculo de 2013 e circula nas zonas norte e noroeste de SP com debates e conversas sobre a importância do jovem negro de periferia. 

11/07 - Curso de DJ voltado para deficientes visuais 



(Esse projeto oferece aulas de dj para deficientes visuais)












O projeto está bem estruturado e o proponente dá aulas todos os dias e tem alunos de outros estados, como Minas e Goiás. Neste dia houve o I Encontro de DJs Cegos.

19/07 - Oficina Popular de Audiovisual Latino Americano


(O projeto é difundido em regiões com alto índice de imigrantes latino-americanos e oferece oficinas de produção de filmes e reflexão sobre a cultura latino-americana)










Visita ao Projeto Oficina Popular de Audiovisual Latino-Americano. Após projeção de um filme/documentário ligados à cultura latino-americana, fazem uma discussão e, em seguida, uma oficina de roteiro e pré-produção. A média de participantes varia de 8 a 24 por sábado.O exercício deste dia foi escreverem algo, uma frase, um texto, palavra, depois formarem duplas, unirem as duas frases e através delas formarem um roteiro de até 3 minutos para filmar.



03/07- V.A.I na Rego e se joga!


 (Projeto que reúne ações que visam o aprofundamento nos debates e na visibilidade das questões de diversidade sexual)
Visita ao Projeto V.A.I. na Rego e se Joga! Espaço [est]ético de transposição subjetiva, referente a questões relacionadas à diversidade sexual, em especial, à cultura "TRANS", para travestis que trabalham na região da Rua Rego Freitas. Cine debate com a exibição do curta: Quem tem medo de Cris Negão (travesti assassinado nas esquinas da Rua Rego Freitas e Major Sertório, onde o filme foi exibido).

04/07 - Curta Metragem Identidades


 (O projeto consiste na produção do curta metragem Identidades)












Visita ao Projeto Produção do curta-metragem “Identidades” - roteiro de ficção escrito por Luan Cardoso, diretor e produtor do coletivo Quixó Produções. Oficina para desenvolvimento da equipe e para manuseio dos novos equipamentos adquiridos.

05/07 - Libertando a Voz e o Corpo 


(O Projeto do Jardim Vista Alegre tem como objetivo discutir a saúde e o bem-estar e valorizar a cultura afro-brasileira)











Visita ao projeto Libertando a Voz e o Corpo - Saúde da Mulher Negra - Formação aberta com a psicóloga Clélia Prestes, que abordou a configuração interpessoal dos homens negros, relações conjugais, racismo, sexismo, resiliência, resistência, no racismo institucional, discriminação, preconceito e, nas configurações individuais: baixa autoestima, inadaptação, desenraizamento, e psicopatologias.

05/07 - Picadeiro Cultural 


(O Projeto oferece aulas de circo-teatro para aprimorar autoconhecimento, autoconfiança, expressão artística e habilidade socioafetiva.)










O projeto que já fazia parte do VAI 2013 pretende dar continuidade às aulas de circo, este ano agregando o teatro para contribuir com o desenvolvimento do autoconhecimento, autoconfiança e expressão artística. Oito alunos do ano passado continuam no curso, o restante são novos. Nesta aula o professor deu um bastão onde cada aluno tinha que criar uma cena e o restante participar! Criativos e divertidos, tivemos cavalo, equilibrista, malabarista, cantor dentre outros.

06/07 - Quer brincar de quê? 


 (Projeto que visa trazer lazer as crianças da região de Perus)












Ocupação das praças públicas da região com brincadeiras para as crianças; oficinas de construção de brinquedos e exibição de filmes. Muito boa a participação inclusive de pais e mães, os maiores ajudando os menores sob orientação das monitoras.

07/07 - Dj Sem Barreiras



(Projeto que dá aulas de de DJ para pessoas com deficiência)
















 O Projeto  oferece aulas de DJ para deficientes, dadas por um deficiente visual, voltado para o Hip Hop com workshops e palestras motivacionais de um DJ surdo e outro cadeirante.

28/07 - Ouvi no Busão


(Esse projeto acontece nos ônibus de São Paulo e visa a interação entre quem usa transporte público)











É um projeto que visa a interação do público no transporte, por meio de audição de histórias que vão para um livro de bolso no total de 5 edições e 60 histórias que serão distribuídos na região central e nos terminais de ônibus das regiões de residência dos integrantes norte, sul e leste.

08/08 - 1º Circuito de Dança Folclórica Paraguaia "Acuarela Paraguaya"


(Projeto que visa promover a cultura paraguaia)












Visita ao II Encontro Poética da Periferia em Vila Taipas, promovida pelo grupo Eita Ação Cultural, onde vários grupos VAI 2014 se apresentaram: Projeto 1º Circuito de Dança Folclórica Paraguaia "Acuarela Paraguaya"que este ano leva 16 apresentações do grupo para todas as regiões da cidade de São Paulo. Já se apresentaram na Festas das Nações em Ermelino Matarazzo, no Museu do Imigrante, Parada de Taipas..etc.

23/08- Vivências de Uma Cultura Marginal


(O projeto propõe oficinas, workshops, conscientização social e expressividade corporal da cultura afro-brasileira)











Visita ao projeto Vivências de uma Cultura Marginal: resgate da cultura e memória, despertando, consequentemente, a criatividade adormecida através de oficinas de conscientização social e expressividade corporal da cultura afro-brasileira. Nesta visita, houve a Roda de Vivência Negra, onde foi discutido a afro-descendência e aproximação da cultura tradicional africana através dos tambores. Contaram com a presença de 4 convidadas africanas, 3 recém-chegadas ao Brasil, que relataram suas dificuldades e motivos (tristíssimos) que as fizeram imigrar. Todas moram em albergues.

Harika também fez algumas visitas esse ano:

06/07- Literatura na Cesta Básica


(Projeto que visa promover o acesso aos livros e acontece no Jd. Santa Maria, Zona Leste)











"Literatura na cesta básica", é um projeto de contação de história, montagem de biblioteca e mediação de leitura que acontece na praça há 4 anos, sempre no horário da feira. Projeto do VAI 2 que teve apoio do VAI em 2004 e 2006. O grupo também tem uma sede no espaço "Circo de Trapo".

20/07- Arte 100 limites


(Projeto que tem como objetivo produzir uma galeria de arte a céu aberto)












O projeto "Arte 100 limites" consiste em produzir uma galeria a céu aberto na região da Fazenda da Juta/Sapopemba, com graffitis nos muros dos prédios da CDHU e das casas da região, e existe uma grande interação entre os moradores e os participantes do projeto.


A partir de agora, as visitas que forem acontecendo serão divulgadas por aqui, então fique atento para conhecer novos projetos!

09 setembro, 2014

Jovem Monitor Cultural




Estão abertas as inscrições para o programa Jovem Monitor(a) Cultural desse ano, os selecionados vão trabalhar em equipamentos da Secretaria Municipal de Cultura, além do trabalho o programa também oferece formação profissional para a área da cultura. O programa é coordenado pelo Centro Cultural da Juventude em parceria com a Secretaria de Cultura.

Se você tem entre 18 e 29 anos, faça sua inscrição por aqui: 

 




08 setembro, 2014

Encontro de Escritores do VAI, Pontos de Cultura e Veia e Ventania

  

  Esse sábado, 13 de Setembro, vai acontecer o Encontro de Escritores do VAI, Pontos e Cultura e Veia e Ventania, o evento é uma parceria entre a Secretaria de Cultura e o Instituto Pólis e faz parte do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca da Cidade de São Paulo, o PMLLLB.
  O PMLLB tem como objetivos estabelecer políticas públicas para o livro, a leitura e as bibliotecas e discutir recursos para sua implementação além de promover a integração entre bibliotecas, escolas e outros espaços, promover a formação de mediadores da leitura, desenvolver e apoiar ações da literatura, escritores, livreiros, editores. 
  O evento, que terá cobertura da TV Pólis, acontece das 09:00h as 18:30h com a seguinte programação:

  Das 09h ao meio dia: Abertura, com Gil Marçal (Secretaria Municipal de Cultura), Hamilton Farias (Instituto Pólis) e acolhimento com Martha Lemos (Pontão de Convivência e Cultura de Paz), "O escritor e o ato de criar poesia e prosa" com Valmir Souza, "Reflexão sobre o ato de criar e a produção literária" com Hamilton Faria (poeta),Binho (sarau do Binho),Everaldo Matias (Coletivo 5 Zonas), Elizandra Souza (Mjiba- Jovens Mulheres Revolucionárias) e Raquel Almeida da Silva (Coletivo Literário Sarau Elo da Corrente). 
  Da 13:30h as 17:30h "O Escritor e a criação do Plano Municipal do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca", apresentação do Plano com Paulo Farah (coordenador do GT do PMLLLB) e propostas do encontro para o PMLLLB. 
   As 17:30h um Sarau fecha e o lançamento da publicação do Pontão de Convivência e Cultura de Paz.


  Instituto Pólis- Rua Araújo, 124, República. 


  Confirme a sua presença em: pontão@polis.org.br